As empresas estão formando parcerias!

Unimed e URI (Universidade Regional Integrada) unem forças para fomentar a inovação em saúde

O lançamento do projeto aconteceu dia 3 de junho deste ano, no Centro de Qualidade de Vida Unimed. Por quatro dias, dez grupos multidisciplinares foram capacitados para definir, inventar e implementar soluções para oportunidades manifestadas pela cooperativa médica. A apresentação dos projetos ocorrerá em outubro, no salão de atos da URI. De acordo com o presidente da Unimed, Luiz Felipe Leães, o objetivo do Innovation Dayé criar, em parceria com a URI, um ambiente propício à inovação, capaz de gerar valor para a cooperativa, universidade, acadêmicos e sociedade. O diretor-geral da URI Erechim, Paulo Giollo, destaca que a parceria tem potencial de ganhos para toda a região. “Estamos encarando esse desafio como uma grande oportunidade para nossos jovens e professores. Acreditamos que a união entre universidade, cooperativas e empresas é muito valiosa”, reforçou.

Em viagem aos Estados Unidos, o diretor de Inovação e Gestão do Conhecimento do Hospital Israelita Albert Einstein, Cláudio Terra, enviou um vídeo. Terra fala sobre Design Thinking, metodologia utilizada pelos instrutores Denise Pithan e Julio Frias, no Innovation Day. “O Design Thinking permitirá olhar a situação, problema ou oportunidade a partir da lógica do paciente e das demais partes interessadas, para que soluções não-óbvias sejam desenvolvidas”, explica. Até outubro, outros cinco encontros acontecerão. Além de falar do status de cada projeto, as reuniões contarão com palestras e dinâmicas. Cada grupo, composto por nove estudantes e professores, conta com um facilitador da Unimed Erechim, responsável por mediar a comunicação entre a cooperativa e as equipes.

Quatro dias para (re) pensar a inovação

Innovation Day envolve 90 pessoas, distribuídas em equipes responsáveis por criar soluções aos desafios lançados pela Unimed Erechim. Nos dias 4,5,6 e 7 de junho, os grupos participaram de uma oficina de Design Thinking realizada pela Eretz.bio, incubadora de startups mantida pelo Hospital Israelita Albert Einstein. A oficina foi conduzida pelos especialistas em inovação, Júlio Frias e Denise Pithan. O Método Einstein compreende três etapas: definição, invenção e implementação. Cada uma delas delimita ações a serem executadas pelos participantes, mediante a definição dos temas. No Innovation Day, as equipes foram incentivadas tanto a aderir aos desafios propostos pela Unimed, quanto sugerir soluções a problemas identificados pelo próprio grupo. Os desafios lançados pela cooperativa médica referem-se à gestão de polifármacos; telemonitoramento; serviços de nutrição e dietética; coordenação do cuidado; centralização de dados e agendas. A partir de agora, as equipes se reunirão periodicamente para trabalhar em seus protótipos, que serão apresentados no mês de outubro, na URI.

Fonte: Newsletter 178 – Sistema Ocergs-Sescoop/RS