Convergência, a quarta revolução

No provocativo vídeo Convergência, a quarta revolução, é problematizada a mudança no modelo de negócios da maioria das empresas, que precisará se readequar para sobreviver nos próximos anos. Exemplos disso são a revolução na área de fotografia, que levou a Kodak a decretar falência, abolindo o paradigma da foto em papel quando explodiu o fenômeno das câmeras digitais, o Uber, maior rede de táxis do mundo, sem ser proprietária de um veículo sequer, e o Airbnb, gigante do ramo de locação de imóveis que não é dono de nenhuma cama. Como isso pôde acontecer? Você já ouviu falar em Inteligência Artificial? Pois está na hora de refletir sobre essas e muitíssimas outras questões, que irão impactar a vida de todas as pessoas.

O impacto das tecnologias emergentes dá origem a uma nova era. Conheça a disrupção criativa

Inteligência artificial, computação cognitiva, realidade virtual, realidade aumentada, blockchain… a lista de tecnologias emergentes só aumenta. Cada uma delas vem causando impactos profundos em nossas vidas. Já no universo corporativo, essas tecnologias promovem a chamada disrupção criativa, considerada uma etapa seguinte à da chamada economia criativa.